You are currently viewing História da Roly Toys
historia da roly toys

História da Roly Toys

Fotos: Todos os direitos das fotos pertencem a Miguel Stefanelli, que gentilmente nos autorizou a utilizá-las neste artigo.

A história da Roly Toys começou em 1964, quando foi fundada, no Rio de Janeiro, a Roly Toys Indústria e Comércio de Brinquedos LTDA. O objetivo principal do seu fundador, Maurício Nhuch, era a produção de miniaturas de metal dos veículos fabricados ou montados no Brasil.

As miniaturas produzidas foram: Willys Interlagos, DKW Vemaguet, VW Kombi, Scania Vabis Basculante, Fusca, Jeep Willys, Caminhão Tanque Mercedes-Benz, Tanque Centurion e VW Karmann-Ghia. 

Elas foram produzidas entre 1964 e 1970  na escala 1/64 e os modelos foram numerados do Número 1 ao Número 11, com o número correspondente ao modelo estampado em seu chassi. O Interlagos e a Scania Vabis foram lançados novamente com melhorias no acabamento. Por isso,  apesar de serem 9 veículos reproduzidos, a numeração vai até 11. Foi também montado um protótipo para o Número 12, porém ele nunca foi produzido.

O primeiro catálogo divulgado pela Roly Toys possuía apenas os 7 primeiros modelos e suas versões:

catalogo roly toys
catalogo roly toys

Em 1969, a Roly Toys lançou a série Bólidos. Essa série foi produzida com chassi, eixos e rodas diferentes da versão regular. Essa modificação simulava um efeito de suspensão na miniatura, além de torná-las mais rápidas. Provavelmente essa série foi uma resposta da Roly Toys aos lançamentos dos Hot Wheels em 1968 e da linha Superfast da Matchbox que, utilizando eixos e rodas de baixo atrito, tornavam as miniaturas mais velozes nas pistas.

Apenas dois modelos foram lançados na série bólidos: o Willys Interlagos e o VW Karmann-Ghia. Veja as diferenças nos chassis entre a série regular e a série bólidos:

Infelizmente os Roly Toys apresentavam problemas na pintura. Aparentemente a fábrica não conseguiu uma tinta com boa aderência à liga ZAMAC, que era utilizada na fabricação das miniaturas. Isto fazia com que a tinta se descascasse facilmente do metal.

Outro problema foi na produção. A fábrica não conseguiu suprir a necessidade do mercado pois a produção de novos moldes tinha um custo muito alto. Para suprir o mercado, a Roly Toys conseguiu um acordo de distribuição com a Lesney, iniciando a importação dos Matchbox em 1967. Isso acabou gerando um problema grande para a empresa pois a qualidade dos Matchbox era muito superior à dos Roly Toys. Por fim, a Roly Toys acabou descontinuando a produção das suas miniaturas.

Com as altas taxas de importação do início dos anos 70, a Roly Toys se mudou para Manaus para aproveitar os benefícios fiscais de importação oferecidos para as empresas que se estabeleciam na Zona Franca de Manaus. Foi, também, quando a empresa mudou a razão social para Inbrima Indústria de Brinquedos do Amazonas S.A.

A Inbrima passou então a montar os modelos importados da Matchbox em Manaus, pintando-os e colocando no chassi as etiquetas de “fabricado na zona franca de manaus”.

Essa montagem dos Matchbox durou até 1981, quando a Lesney perdeu grande parte do mercado devido à concorrência e à crise econômica inglesa, e acabou falindo em 1982.

Em 2012 a Atuomodelli adquiriu os direitos de produção dos modelos Roly Toys. Denominado de Projeto Fênix, foram reproduzidos alguns modelos da Roly Toys como o Willys Interlagos, a VW Kombi e o DKW Vemaguet.

Roly Toys Automodelli Projeto Fênix

As miniaturas

As fotos incluem miniaturas originais da década de 60 e reproduções feitas pela Automodelli a partir de 2012.

Número 1: Berlineta Interlagos

O Willys Interlagos, em sua versão Berlineta, foi o primeiro modelo no catálogo da Roly Toys. Ele foi produzido em várias cores, incluindo uma reprodução do carro de corrida no qual Emerson Fittipaldi iniciou sua carreira.

Número 2: Vemaguet DKW

Além das variações de cores, foram produzidos um carro de bombeiro e um carro do DNER.

Número 3: Kombi Volkswagen

Além das variações de cores, foram produzidos uma Kombi de bombeiros e uma Kombi ambulância.

Roly Toys Kombi Volkswagen
Roly Toys Kombi Volkswagen
Roly Toys Kombi Volkswagen
Roly Toys Kombi Volkswagen

Número 4: Scania Vabis Basculante

Os caminhões caçamba foram produzidos com algumas variações de cores, sempre com chassi preto, mas com cores diferentes para a cabine e caçamba. Mais tarde, eles foram relançados com algumas modificações como o modelo Número 11.

Scania Vabis Basculante

Número 5: Sedan Volkswagen

Os famosos fuscas também ganharam uma reprodução no catálogo inicial da Roly Toys. Reproduzindo o Volkswagen 1200, eles foram lançados com cores variadas e duas versões: uma com portas que abrem, outra com portas fixas.

Número 6: Jeep Willys

O clássico Jeep Willys Overland foi o modelo Número 6 na linha da Roly Toys.

Número 7: Caminhão Tanque Mercedes-Benz

Baseado no modelo LP-321, o Caminhão Tanque Mercedes-Benz foi produzido em três versões com as cores de diferentes distribuidores de combustível: Esso, Shell e Texaco.

Número 8: Tanque Centurion

Apesar do foco da Roly Toys ser a reprodução de veículos fabricados ou montados no Brasil, eles também produziram essa miniatura do Tanque Centurion. Provavelmente foi uma resposta às miniaturas de tanques existentes no mercados como as da Dinky e da Matchbox. Lançados inicialmente em duas cores, foram também também produzidos com tipos de esteiras diferentes.

Roly Toys Tanque Centurion
Roly Toys Tanque Centurion

Número 9: Volkswagen Karmann Ghia

A miniatura Karmann Ghia foi lançada na versão conversível. Foram incluídas nessa miniatura várias melhorias, quando comparada com as miniaturas anteriores. O nível de detalhamento foi bem maior. Alguns exemplos são os limpadores de para-brisa e retrovisor incorporados no para-brisa e vários detalhes no interior como pedais, alavanca de câmbio e freio de mão. Além disso, eles foram lançados nas duas séries, Regular e Bólidos. Ambas receberam o Número 9 no chassi.

Série Regular

Série Bólidos

Número 10: Interlagos

A nova versão do Willys Interlagos veio com algumas modificações. Foi retirado o “Berlineta” do nome e os mesmos detalhes no acabamento, incluídos no Karmann Ghia, foram também incluídos nessa versão do Interlagos. E ele também foi lançado nas duas séries, Regular e Bólidos, ambas com o Número 10.

Série Regular

Série Bólidos

Número 11: Scania Vabis Basculante

Uma nova versão da Scania Vabis foi o último modelo lançado pela Roly Toys. Apesar de bastante parecida com o Número 4, foram feitas melhorias no chassi, principalmente no mecanismo que permitia o levantamento e abaixamento da caçamba. Nessa nova versão, a caçamba se fecha mais próxima ao chassi, fazendo com que ela fique mais firme. Além disso, foram incluídos detalhes no acabamento do chassi como motor e caixa de marchas, entre outros.

Roly Toys Scania Vabis

Comparação entre o Número 11 (esquerda) e o Número 4 (direita)

Roly Toys Scania Vabis
Roly Toys Scania Vabis

Protótipo

Número 12: Camaro

Essa seria a segunda miniatura da Roly Toys reproduzida de um veículo que não era montado ou fabricado no Brasil. O Chevrolet Camaro foi projetado para ser lançado na série Bólidos. Pelo que se sabe, existem 2 protótipos desse Camaro: um com pintura, outro sem. Os protótipos foram guardados durante vários anos por um antigo funcionário da empresa.

A grande novidade dessa miniatura é a abertura do capô mostrando detalhes do motor, o que seria uma novidade nas miniaturas Roly Toys.

Foi uma pena a história da Roly Toys ter sido tão curta. Foram pioneiros no Brasil na produção de miniaturas de veículos fabricados ou montados no Brasil. Ao longo dos anos surgiram outras coleções de carros brasileiros, mas nunca na escala 1/64. Além da Kombi e Fusca, que praticamente todas marcas produzem, poucos modelos nacionais surgiram no mercado nessa escala e, quando aparecem, são sempre muito almejados pelos colecionadores.

Em 2021 surgiu a BRClassics com a sua linha de Opalas e Caravans. A qualidade das miniaturas produzidas por eles é muito boa e espero que eles expandam a sua linha pra outras marcas e modelos de carros brasileiros.